Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Cânticos, insultos e distúrbios em Ponta Delgada. Assim foi o regresso da Juve Leo aos estádios

O jogo que opôs Santa Clara ao Sporting ficou marcado por incidentes envolvendo a claque dos Leões mais do que pelo futebol

Tribuna Expresso

Henrique Casinhas/SOPA Images/LightRocket

Partilhar

O primeiro jogo do Sporting com espetadores nas bancadas realizou-se no sábado, nos Açores, no que foi mais um teste ao regresso dos adeptos aos estádios. No entanto, o jogo acabou por comprovar que há coisas que não mudam. O clube de Alvalade acabou por ser multado em 510 euros por comportamento incorreto da claque Juventude Leonina.

Foram os delegados ao jogo que alertaram para os incidentes Os problemas tiveram início logo na entrada para o estádop. Por prevenção, as forças de segurança mudaram alguns adeptos do Santa Clara de sítio, já o jogo ia nos 16 minutos. Ao minuto 30, os elementos do grupo cantaram “Santa Clara é m...” e, já com o jogo terminado, a Juventude Leonina virou-se para o presidente do clube, cantando “ó Varandas, vai para o c...”.

Para além dos tristes acontecimentos no estádio, segundo o jornal “Record”, a Juve Leo provocou distúrbios no centro de Ponta Delgada e, segundo o responsável de comunicação do Sporting, Miguel Braga, dirigiu insultos a Coates após um erro que resultou no golo do Santa Clara.

O Sporting foi ainda multado pelo atraso do guarda-redes Adan, que não apresentou justificação para regressar mais tarde dos balneários.