Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Pinto da Costa: “Não é possível mascarar que os acontecimentos dos últimos meses tiveram um impacto muito negativo”

No documento de apresentação das contas anuais da SAD do FC Porto, o presidente dos Dragões deixa uma mensagem de esperança, sem ignorar as consequências negativas de um ano atípico como tem sido 2020

Tribuna Expresso

JOSÉ COELHO

Partilhar

O presidente do FC Porto admite os resultados financeiros menos positivos da SAD portista, mas destaca as consequências negativas da pandemia a todos os níveis da sociedade. Ainda assim, o veterano dos dirigentes desportivos consegue transmitir algum otimismo aos sócios e adeptos do FCP.

Na mensagem que normalmente acompanha a apresentação das contas anuais da SAD, Pinto da Costa afirma: “Já depois do encerramento do exercício foram dados passos firmes para a reversão desta situação, com destaque para o balanço altamente lucrativo das transferências de jogadores no princípio da nova época, sem enfraquecer a equipa”.

Presidente do clube há 38 anos, Pinto da Costa admite que “já poucas coisas” o podem surpreender. No entanto, reconhece que “2019/20 foi uma temporada diferente de todas as outras a que estamos habituados e muito mais desafiante do que o normal”.

“Apesar do sucesso desportivo,” destacando a conquista da Liga e da Taça de Portugal, Pinto da Costa diz que “não é possível mascarar que os acontecimentos dos últimos meses tiveram um impacto muito negativo”. Para terminar, o líder dos Dragões diz que foram “criadas as condições para que em breve possamos definitivamente aliar sucesso financeiro ao sucesso desportivo que não nos tem faltado”.