Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

"Com Messi por lá… Eu sei o que se passa lá dentro, não é fácil, os treinos são para agradar a certas pessoas e não se trabalha"

O familiar de Griezmann diz que “os treinos são feitos para agradar a certas pessoas” e que “em geral, no Barcelona, não se trabalha”

Tribuna Expresso

Quando Messi e Griezmann vestiam camisolas diferentes

JAVIER SORIANO

Partilhar

Se Antoine Griezmann não está a passar por uma fase positiva, com o rendimento a que nos tinha habituado, a culpa é de Lionel Messi, que domina tudo e impõe treinos mais leves. Pelo menos é isso que pensa um tio de Griezmann.

“Estava convencido de que Antoine não iria triunfar em seis meses em Barcelona, mas o que não esperava era que fosse um ano. E com Messi por lá… Eu sei o que se passa lá dentro, não é fácil,” disse o familiar do luso-francês numa reportagem exibida no canal M6.

O tio de Griezmann assegura que não se pode contar tudo o que se passa no balneário dos catalães, por muito que queira ajudar o sobrinho. “Não trabalham o suficiente. Em geral, no Barcelona, não se trabalha. Os treinos são feitos para agradar a certas pessoas. É evidente que não se trabalha,” foi dizendo.

Para o familiar de Griezmann, o seu sobrinho “precisa de trabalhar” e “outros não precisam de fazer muito esforço para serem bons”. “Antoine funciona ao contrário, precisa de muito esforço para ser bom.”

As declarações do tio de Griezmann surgem depois de o ex-assessor do futebolista ter caído em cima de Messi, na “France Football”: “Tem opinião sobre tudo. É ao mesmo tempo imperador e rei e não lhe agradou muito a chegada de Antoine. A sua atitude foi deplorável e fez-se notar. É um regime de terror. Ou está com Messi ou contra Messi,” assegurou, acrescentando que, na temporada passada, o argentino não dirigia sequer a palavra ao francês.