Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ryan Reynolds foi a Gales e comprou o terceiro clube mais antigo do mundo

Os atores Ryan Reynolds e Rob McElhenney são os novos donos do Wrexham, o terceiro clube profissional mais antigo do mundo, depois da aprovação dos adeptos

Tribuna Expresso

Steven Ferdman

Partilhar

Ryan Reynolds, estrela de “Deadpool”, prepara-se para adquirir o modesto Wrexham AFC, clube galês que joga na quinta categoria do futebol inglês. O seu sócio é o também ator Rob McElhenney. Os adeptos aprovaram a proposta para comprar o clube de 156 anos.

Os dois atores submeteram a sua proposta ao Wrexham Supporters Trust, uma espécie de associação sem fins lucrativos que gere o clube. Nos planos de Reynolds e McElhenney está uma injeção imediata de dois milhões de libras.

Numa conversa com os adeptos via Zoom, Reynolds descreveu o Wrexham, o terceiro clube profissional mas antigo do mundo, como um “gigante adormecido”. “O céu é o limite, queremos que o Wrexham seja uma força global,” disse Reynolds.

Depois de 98% dos adeptos terem votado a favor da compra, o WST disse: “Estamos agora em posição de confirmar o resultado da votação, que foi supervisionado por uma empresa independente”.

“O Wrexham Supporters Trust gostaria de agradecer a Rob McElhenny e a Ryan Reynolds (…) pelo profissionalismo e consideração e pelo tempo que dispensaram para tratar do processo. (…) Como adeptos, queremos desejar-lhes boa sorte no comando do nosso clube e esperar o que o futuro possa trazer,” pode ler-se na declaração.

Apesar da criação da Liga Galesa em 1992, Wrexham, Cardiff City, Swansea e Newport continuaram a competir no futebol inglês.