Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Futre e Trincão à conversa: “Se não tiveres lesões, aponta aí: vais ser Bola de Ouro”

Mesmo sem público, o jogo de sábado promete as emoções habituais. O antigo jogador do Atlético e ídolo dos adeptos, Paulo Futre, troca impressões com a contratação surpresa do Barcelona que, aos 21 anos, deu o salto e está a surpreender em Espanha

Tribuna Expresso

Shaun Botterill

Partilhar

No sábado há clássico do futebol espanhol, com o Atlético a receber o Barcelona no Wanda Metropolitano. Para nós, portugueses, isso significa João Félix versus Francisco Trincão, mas o jornal “Mundo Deportivo” foi mais atrás no tempo e convocou outro português que é lenda do futebol espanhol, Paulo Futre, e pô-lo à conversa com Trincão, uma das revelações da temporada.

Para Futre, o jovem contratado pelo Barcelona ao Sporting de Braga “já é um dos melhores esquerdinos de Portugal”. “Se não tiveres lesões, aponta aí: vais ser Bola de Ouro,” disse Futre. “O conselho que lhe dou é que se divirta, que desfrute do jogo, que será muito ofensivo e espero que o resultado seja 5-4, e que os quatro golos sejam seus.”

Se tudo correr bem, Trincão fará mais um jogo que impressionará os adeptos catalães e, se possível, o próprio Futre. “Vou fazer como ele diz, divertir-me e fazer o meu jogo,” responde o jovem internacional português, emocionado com os elogios do antigo jogador do Atlético.

Mas Futre tem mais ainda para elogiar Trincão, e não tem a ver com futebol: “Deixa-me dizer que é incrível como ele fala bem castelhano, muito melhor que eu”. Depois, analisando o embate de amanhã, Futre lamenta a ausência de adeptos nas bancadas: “A única coisa de que tenho pena é que não possa haver público, mas um clássico é sempre um clássico”.

A ausência de espetadores pode ter mais influência no que se passa em campo e, nesse aspeto, os dois portugueses estão de acordo. “É verdade o que disse o Paulo, sem público há mais surpresas, para os clubes pequenos não é tão difícil jogar no Camp Nou”.

Para além do público nas bancadas, falta outra coisa, pelo menos a Trincão: mais minutos de jogo. Isto apesar de Koeman estar a lançar muitos jovens. “É um grande treinador. Não importa a idade, apenas o rendimento e quem se destacar nos treinos, joga,” admite o jovem internacional português.

Quanto a quem vai vencer o campeonato, ou mesmo a Liga dos Campeões, Futre e Trincão nunca poderiam estar de acordo. O mais novo porque joga num eterno candidato à vitória das duas competições e portanto quer “ganhar os dois títulos”. Já Futre admite: “Se o Atlético não puder ganhar a Liga dos Campeões, que ganhe o FC Porto, que é o meu outro clube aqui em Portugal”.

Antes de terminar a conversa, Futre faz questão de se repetir: “Digo aos adeptos do Barcelona que Trincão vai ser grande, muito grande. Que continue assim, é um rapaz muito humilde, que trabalha muito”. O antigo jogador do Sporting de Braga agradece os elogios e diz que “é um orgulho enorme ouvir isto de um grande jogador como foi Futre”. Trincão admite: “Não tive o prazer de o ver jogar mas vi muitos vídeos dele”.