Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Guarda-redes do WBA critica forma de marcar penáltis de Bruno Fernandes: “Não deveria saltar antes de rematar”

No jogo entre Manchester United e WBA, Bruno Fernandes falhou um penálti que o árbitro mandou repetir por causa da posição do guarda-redes

Tribuna Expresso

PETER POWELL

Partilhar

O guarda-redes do West Bromwich Albion, Sam Johnstone, não gostou da maneira como Bruno Fernandes marcou o penálti que viria a ser decisivo, uma vez que o jogo ficou 1-0 a favor dos Red Devils.

A discussão foi iniciada por Johnstone no Twitter, como resposta a uma publicação que criticava os guarda-redes que se mexem antes dos pontapés da marca de grande penalidade. Johnstone, de 27 anos, ripostou dizendo: “O marcador não deveria parar e saltar antes de rematar”.

O guardião do WBA não foi o único a reagir à situação. Um dos grandes goleadores da história da Premier League, Ian Wright, mostrou solidariedade para com Sam Johnstone: “É mais difícil para os guarda-redes. Há jogadores a saltar, a fazerem esse tipo de coisas, enquanto o guarda-redes não pode mexer os pés. Não é justo”.