Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Um jogador despedido, dois a treinar à parte e o último lugar da liga. Assim vai o Schalke 04 de Gonçalo Paciência

O clube alemão está numa crise profunda, com problemas de disciplina e uma péssima prestação na Bundesliga

Tribuna Expresso

Partilhar

O Schalke 04, clube de Gelsenkirchen que conta com Gonçalo Paciência no seu plantel, está envolvido numa crise que o levou a rescindir unilateralmente com o avançado bósnio Vedad Ibisevic. Segundo a revista “Kicker”, o jogador de 36 anos, contratado a custo zero no início da época envolveu-se em agressões verbais com um dos treinadores-adjuntos.

Sem pestanejar, o clube afastou Ibisevic dos treinos e, a partir de janeiro de 2021, será um jogador livre. Mas não se pense que a crise no Schalke 04 se fica por aqui. Há pelo menos mais dois atletas a treinar à parte. Amine Harit, francês de 23 anos, e Nabil Bentaleb, argelino de 26 anos, foram colocados em treino individuais devido a casos de indisciplina. Na última terça-feira, o clube anunciou também a saída do diretor técnico, Michael Reschke.

Para além dos problemas disciplinares, o Schalke tem mais coisas para resolver. Neste momento, é o último classificado da Bundesliga, com três pontos, e sem vencer qualquer jogo para a Bundesliga desde 17 de janeiro, tendo acumulado 23 jogos consecutivos sem qualquer vitória.