Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Maradona. André Villas-Boas acha que a FIFA devia retirar a camisola 10 em todos os clubes de futebol

Diego Maradona morreu na quarta-feira, aos 60 anos, de um ataque cardíaco. A morte da lenda do futebol já levou a muitas manifestações de pesar, incluindo a do treinador do Marselha

Tribuna Expresso

POOL New

Partilhar

O técnico português do Marselha considera que a FIFA deveria homenagear Maradona banindo as camisolas 10 do mundo do futebol. Considerado um dos melhores da história, Maradona tornou-se sinónimo da camisola 10, com a qual venceu o Mundial de 1986. Também no Nápoles, Barcelona e Boca Juniores Maradona jogava com esse número.

“São muito más notícias. (…) Gostava que a FIFA retirasse a camisola número 10 em todas as competições e em todas as equipas,” explicou Villas-Boas. “Seria a melhor homenagem que poderíamos fazer-lhe. É uma perda incrível para o mundo do futebol.”

O apelo do técnico português juntou-se às vozes de Pep Guardiola, que lembrou um cartaz na Argentina: “Não interessa o que fizeste na vida, interessa o fizeste nas nossas vidas”. Messi, como não poderia deixar de ser, homenageou Maradona com duas fotografias dos dois juntos. O jogador do Barcelona chegou a ser orientado por Maradona quando este esteve à frente da seleção argentina, entre 2008 e 2010.

O governo argentino anunciou três dias de luto, enquanto os habitantes de Nápoles encheram as ruas da cidade para um tributo ao ídolo e estrela maior do clube da cidade.