Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Gracias, Negrito”. Cavani marcou dois golos mas pode ser castigado por utilização de termo racista

O uruguaio enfrenta um castigo da federação inglesa depois de ter incendiado as redes sociais com a palavra “negrito”

Tribuna Expresso

Dean Mouhtaropoulos

Partilhar

O Manchester United sofreu para derrotar o Southampton (3-2), ofereceu drama aos telespetadores como não se via há muito. A ex-futura estrela do Benfica, Edinson Cavani, marcou os dois golos que deram a volta ao marcador e combinou com Bruno Fernandes como se fossem amigos de longa data. Depois, já fora de campo, irritou as mentes sensíveis da federação inglesa com um post nas redes sociais.

Tal como aconteceu a Bernardo Silva, o uruguaio arrisca-se agora a um castigo que, tendo em conta o exemplo do português, pode não ser assim tão pequeno. Em causa está uma storie do Instagram de Cavani, que foi comentada por um amigo do jogador, que enaltecia os dois golos marcados. O uruguaio agradeceu com “Gracias, negrito”.

A publicação deverá ter sido feita inocentemente, numa conversa entre amigos. Mas em Inglaterra essas coisas são levadas muito a sério, há mesmo quem diga que demasiado a sério. É pelo menos garantido que será aberto um inquérito, mesmo que a imagem que espoletou a controvérsia já tenha sido eliminada por Cavani.