Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ingleses colocam Hulk no FC Porto, um regresso emotivo a um sítio onde foi feliz

O internacional brasileiro vai ficar sem clube aos 34 anos quando, em janeiro, deixar o Shanghai SIPG. Hulk esteve quatro anos no clube chinês, onde acumulou uma fortuna. Agora, pode regressar ao Dragão, abdicando do salário astronómico que recebia na China

Tribuna Expresso

Paulo Duarte

Partilhar

O brasileiro Hulk estará disposto a baixar substancialmente o seu salário para poder regressar ao FC Porto e provavelmente acabar a carreira no Dragão. O goleador de 34 anos tornou-se, aquando da transferência para o Shanghai SIPG, o jogador mais caro na história do futebol asiático.

O veterano aceita, portanto, baixar o salário e trocar o dinheiro por uma casa que bem conhece. Durante anos o avançado foi associado à Premier League, como diz o jornal “Daily Mail”. Na verdade, Hulk continua a ter ofertas de clubes ingleses, embora o jogador não revele quais são.

“Tenho estado a ouvir muitas propostas do Brasil e de outros lugares, incluindo a Europa. Tenho ofertas da Turquia, Portugal, Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e também da China,” revelou Hulk.

Hulk foi para o Shanghai depois de passar pelo Zenit. No clube chinês, marcou 76 golos em 145 jogos e ajudou a quebrar a hegemonia do Guangzhou Evergrande na Superliga Chinesa. No entanto, a idade não perdoa e parece que a estadia no clube de Xangai está a chegar ao fim.

De acordo com a “France Football”, em 2019, Hulk ainda estava no top 20 dos jogadores mais bem-pagos de todos os tempos, acima de nomes como Paul Pogba ou Sergio Ramos. Veremos se o brasileiro é capaz de abdicar da fortuna para regressar ao clube que o projetou na Europa.