Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Antigo jogador do Tottenham diz que Mourinho "trouxe o seu toque mágico". Klopp chama-lhe "máquina de resultados"

Darren Anderton, antigo jogador do Tottenham e da seleção inglesa, elogia o trabalho do treinador português que continua na liderança da Premier League. E mais elogios vêm do técnico de um rival surpreendido, em Liverpool

Tribuna Expresso

Glyn Kirk / POOL/EPA

Partilhar

Diz o jornal “Marca” que na batalha naval da Premier League, tem havido dois clubes – Liverpool e Manchester City – a brincar, para ver quem afunda os outros “barquinhos”. É precisamente o treinador de um desses gigantes o primeiro a render-se ao trabalho do português: “É impressionante o que Mourinho tem feito no Tottenham. Converteu a equipa numa máquina de resultados. Defendem bem coletivamente e não jogam apenas em contra-ataque. Vejo no seu estilo semelhanças connosco. Não podes ser líder apenas contra-atacando,” disse Jürgen Klopp antes de receber os Spurs em Anfield.

Empatados na pontuação, os Reds têm um rival incómodo, que não os larga. Mourinho é cauteloso nas palavras: “Somos uma boa equipa mas uma máquina de resultados é o Liverpool ou o ‘meu’ Chelsea quando ganhámos duas vezes seguidas. O caminho é o correto mas ainda não está pronto.” Mourinho não admite sequer que estejam na luta pela Premier League: “Não lutamos pelo título”.

O jornal “Marca” considera que Mourinho fez em o mesmo que no Porto, em Londres, Milão ou em Madrid: desenhou, no Norte de Londres, um bloco que se blinda perante as ofensivas rivais e voa como um balão, castigando qualquer deslize do adversário. O Tottenham é o terceiro clube mais goleador da Premier League, atrás de Liverpool e Chelsea e o que menos golos sofreu.

“Há muitos anos que o Tottenham não era líder. Mourinho trouxe o seu toque mágico e isso vê-se bem,” disse Darren Anderton à “Marca”. O antigo jogador dos Spurs compara o trabalho de Pochettino ao de Mourinho, que chegou ao clube há apenas um ano: “La diferença é a forma de jogar. Com Pochettino era bonito de ver. Fez um grande trabalho nos cinco anos em que lá esteve, chegando mesmo à final da Liga dos Campeões. (…) Mourinho é outro estilo. Não é tão bonito mas é mais eficaz, fiável. Tem muita experiência e sabe como ganhar a Premier League,” diz Anderton com entusiasmo e acrescentando: “A mentalidade também mudou. Quando Mourinho diz algo, deves escutar e respeitar porque ele ganhou troféus em todo o lado”.