Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ancelotti foi abordado por Ferguson para o substituir no United. Não deu

O treinador do Everton falou pela primeira vez na terça-feira da hipótese levantada há sete anos por Alex Ferguson e que não se concretizou em grande parte porque o italiano já estava comprometido com o Real Madrid

Tribuna Expresso

GERARD JULIEN

Partilhar

Ancelotti, cuja equipa defronta o Manchester United hoje, quarta-feira, disse que sempre sentiu gratidão pelo facto de o carismático técnico escocês ter pensado nele para o cargo mas já se tinha comprometido com o Real Madrid. Desde essa altura, nunca mais foi abordado pelo Manchester United.

Ancelotti disse: “Posso dizer que mantenho uma ótima relação com Sir Alex. Conhecemo-nos quando ele decidiu retirar-se mas eu estava quase no Real Madrid. Agradeço o facto de ele ter falado comigo na altura.”

Ferguson revelou em 2015 que Ancelotti era um de vários candidatos sondados por ele antes de se decidir por David Moyes. No livro que escreveu, Ferguson disse: “Tornou-se aparente que José Mourinho tinha-se comprometido com Abramovich para regressar ao Chelsea e que Carlo Ancelotti iria substituí-lo no Real Madrid.”

Segundo o “Daily Mail”, Pep Guardiola, Jurgen Klopp e Louis van Gaal foram também considerados mas todos tinham assumido compromissos com outros clubes.