Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

O duelo entre ex-benfiquistas e um futuro jogador do Benfica ficou empatado sem golos. Lucas Veríssimo saiu com problemas físicos

O River Plate de Salvio e Lisandro Lopez recebeu o Santos do futuro defesa do Benfica. As duas equipas não conseguiram marcar e adiaram para a próxima semana, na segunda mão, no Brasil, a decisão de quem vai à final da Libertadores

Tribuna Expresso

AGUSTIN MARCARIAN

Partilhar

Argentinos e brasileiros defrontaram-se mais uma vez na primeira mão das meias-finais da Taça Libertadores. Depois de o Palmeiras de Abel Ferreira ter vencido o River Plate, Boca Juniors e Santos não foram além de um empate a zero no estádio La Bombonera, em Buenos Aires.

Frente a frente estiveram dois antigos jogadores do Benfica – Salvio e Lisandro Lopez – e aquele que pode vir a reforçar brevemente a defesa das Águias, Lucas Veríssimo. Perto do fim do jogo, o jogador brasileiro foi obrigado a deixar o jogo devido a problemas físicos que, para já, não são conhecidos em detalhe.

O Santos queixa-se ainda de um penálti por assinalar. Em causa estará uma falta sobre Marinho. Num jogo sem golos, terá sido do colombiano Sebastian Villa a melhor ocasião para marcar ao Santos, mas a bola foi caprichosamente bater no ferro da baliza brasileira. Na próxima quarta-feira, no Vila Belmiro, em São Paulo, haverá novo embate entre as duas equipas, com o vencedor desse jogo a seguir para a final do troféu mais desejado da América do Sul.