Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

A Supertaça francesa é de Pochettino e do PSG, que derrotou o Marselha de Villas-Boas por 2-1

O Paris Saint-Germain presenteou o novo treinador com a vitória na Supertaça, que venceu por 2-1. Neymar regressou aos relvados e Danilo jogou cinco minutos

Tribuna Expresso

IAN KINGTON

Partilhar

À semelhança do que aconteceu em Portugal, também em França o jogo da Supertaça foi marcado para o inverno. Mauricio Pochettino, acabadinho de chegar ao PSG, obteve o primeiro título da carreira ao derrotar o Marselha do português André Villas-Boas por 2-1.

A partida, que decorreu em Lens, viu o primeiro golo a ser marcado pelo argentino Mauro Icardi, aos 39 minutos. Assim ficou o resultado até perto do fim, quando Neymar, de grande penalidade, marcou o 2-0. Antes do apito do árbitro, Payet ainda reduziu para o Marselha mas já pouco havia a fazer.

O brasileiro Neymar começou no banco de suplentes. Este foi o jogo de regresso à competição depois de ter estado um mês afastado devido a uma entorse no tornozelo. O português Danilo Pereira jogou os últimos cinco minutos do encontro.

No final do jogo, Villas-Boas estava inconformado: “Parabéns ao PSG pelo troféu mas a melhor equipa perdeu”. “O mais honroso para nós foi eles terem celebrado como se tivessem ganho a Liga dos Campeões,” comentou o técnico do Marselha.