Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Depois do clássico, o jogador do Inter beijou o emblema da Juventus. A seguir, disse que nunca foi essa a intenção

Arturo Vidal, jogador do Inter de Milão, passou quatro anos na Juventus. Ao abraçar Chiellini, seu amigo e ex-companheiro de equipa, o chileno supostamente beijou o emblema da equipa de Turim e foi obrigado a explicar a situação

Tribuna Expresso

Claudio Villa - Inter

Partilhar

Nas imagens difundidas antes do jogo entre a Juventus e o Inter, é possível ver Arturo Vidal a abraçar Chiellini. A controvérsia estalou quando o chileno beijou a camisola do adversário, precisamente no sítio onde está impresso o emblema da Juventus.

Depois do jogo, Vidal usou as redes sociais para explicar que nunca foi sua intenção beijar o símbolo do seu antigo clube. Em Itália, os adeptos não parecem ter ficado convencidos com a explicação do ex-jogador do Barcelona.

"Eu nunca quis beijar o emblema do adversário", escreveu o jogador de 33 anos no Instagram. "O que aconteceu foi um sinal de afeto para com um irmão que ganhei no futebol e com quem vivi anos maravilhosos quando estivemos na mesma equipa", explicou Vidal, referindo-se aos quatro anos que passou na Juventus.

O chileno acrescentou ainda que respeita a sua equipa, os seus fãs e todos aqueles que confiaram nele “para defender a história deste maravilhoso clube”. “Dou a minha alma por isso. Força Inter."