Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Mourinho está a perder a paciência com Gareth Bale: “Queres jogar aqui ou voltar para o Real Madrid e não jogar?”

O treinador do Tottenham vai dando mostras de impaciência para com o internacional galês. No jogo com o Sheffield United, Bale não saiu do banco de suplentes e começa a perceber-se que talvez o problema não esteja nos clubes mas sim no próprio jogador

Tribuna Expresso

Srdjan Stevanovic

Partilhar

Gareth Bale foi emprestado pelo Real Madrid ao antigo clube, o Tottenham, orientado por José Mourinho. Esperava-se dele a sanidade e o profissionalismo que nunca mostrou em Espanha. No entanto, a falta de paciência do treinador português dá a entender que o problema está enraizado no avançado galês e não nos clubes que representa.

Desde que regressou aos Spurs, Bale tem alternado exibições pobres com o estatuto de não-utilizado. Foi isso que aconteceu na vitória do Tottenham sobre o Sheffield United, no domingo. O jornal inglês “Daily Mail” fala da perplexidade de alguns comentadores com a falta de utilização de Bale.

Um vídeo feito pelo clube mostra alguma animosidade entre Mourinho e o internacional galês. O canal oficial do Tottenham, SpursTV, mostrou imagens do português a queixar-se de Bale: “Queres ficar aqui? Ou ir para o Real Madrid e não jogares futebol?”.

O “The Sun” revela que o treinador estava a conversar com o seu adjunto, João Sacramento, e com mais algumas pessoas da equipa técnica. Mourinho estaria a relatar algumas conversas que tinha tido com o jogador, que está a meio do empréstimo do Real Madrid aos Spurs.

Até agora, o internacional galês foi titular em apenas um jogo da Premier League, sendo que na Liga Europa, é utilizado mais regularmente. Bale soma 161 minutos de jogo no principal escalão do futebol inglês. O “Daily Mail” revela que Mourinho nunca foi um grande fã do regresso do galês ao Norte de Londres. O técnico acreditava ter opções suficientes para o ataque.

Depois da vitória sobre o Sheffield United, Mourinho deu um recado ao galês: “Tenho experiência suficiente para perceber quando um jogador não está a jogar muito bem, é responsabilidade dele. Quando um jogador dá a volta às coisas e começa a ter prestações de alto nível, também é sua responsabilidade. (…) Quando um jogador não joga, tem de perceber as razões e tentar compreender como pode dar a volta a um período difícil”.

O treinador português estava a elogiar Ndombele, um jogador com um início difícil no Tottenham mas que conseguiu dar a volta e é agora elogio pelo treinador: “O Ndomble percebeu. O golo é fantástico, mas eu não quero saber do golo, eu preocupo-me com a atuação. Foi magnífica. Dou-lhe um crédito especial pela sua vontade de treinar e pela sua vontade de ganhar e assegurar um lugar na equipa”. Ao mesmo tempo que elogiava o francês, Mourinho enviava claramente um recado a Gareth Bale.