Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Marcus, ele não consegue defender!” ouviu-se Solskjaer gritar. “Ele” era Cedric Soares

Com as bancadas vazias, pôde ouvir-se com nitidez o treinador do Manchester United a dar indicações para os seus jogadores. Houve uma em particular que chamou a atenção da imprensa britânica e, logicamente, da comunicação social portuguesa. O alvo era Cedric Soares, internacional por Portugal

Tribuna Expresso

Ben McShane/Getty

Partilhar

Tentando motivar Marcus Rashford, Ole Gunnar Solskjaer gritou “Marcus, ele não consegue defender!”. O objetivo seria levar o avançado dos Red Devils a arriscar mais no confronto com o antigo jogador do Sporting.

Não se pense, no entanto, que a indicação do treinador norueguês tenha sido uma provocação para o português – não é o estilo de Solskjaer – mas sim uma forma de lembrar a Rashford que Cedric, de 29 anos, não estava a jogar na sua posição natural. O jogador luso costuma ser utilizado como lateral direito. Devido à lesão do companheiro de equipa Kieran Tierney, Cedric tem sido usado no lado contrário, ou seja, na posição de lateral esquerdo.

De acordo com o jornal inglês “Daily Mail”, o Arsenal sofreu dois golos nos três jogos da Premier League em que Cedric participou esta época. O mesmo jornal refere que, apesar de a indicação de Solskjaer ter sido bem audível, Cedric Soares não reagiu, durante ou depois da partida, que acabou a zeros.