Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Nadal pediu silêncio e uma espectadora mostrou-lhe o dedo do meio. "Não sou fã dele. É um chato"

No encontro com Michael Mmoh, no Open da Austrália, o tenista espanhol pediu silêncio no público e uma mulher respondeu-lhe com um gesto. E alguns gritos. E explicou a uma emissora de rádio australiana que não é fã de Nadal porque este é “um chato”

Tribuna Expresso

TPN

Partilhar

A mulher que mostrou o dedo do meio a Rafael Nadal quando este pediu ao público que não fizesse barulho não tem, como seria de esperar, papas na língua. "Não, claro que não sou fã de Nadal, penso que ele é incrivelmente chato, com tantos rituais antes de servir", disse a mulher à rádio 3AW693. Diga-se que, após o gesto, a senhora acabou mesmo por ser expulsa da Rod Laver Arena.

À estação de rádio, a mulher de quem se desconhece o nome, prosseguiu: "O facto de a minha foto se ter tornado viral é uma consequência do quão chatos são os seus jogos”. Pelo meio, a espectadora admitiu ter ingerido bebidas alcoólicas e disse ainda que a filha “não está muito contente” com a atitude da mãe.

A mulher explicou ainda que só estava ali porque tinha acabado de assistir ao encontro entre Coco Gauff e Elina Svitolina e queixou-se da forma como foi tratada. “Foram muito mal educados ao tirar-me do campo. Disseram-me que eu tinha de ir embora e eu perguntei porquê. Disse-lhes ‘sou uma espectadora, paguei o meu bilhete, por que motivo não posso falar?' No encontro anterior eu tinha gritado por Svitolina, que é uma das minhas jogadoras favoritas."