Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

O Instagram de Martial foi inundado de emojis de gorilas e expressões racistas depois do empate entre Man United e WBA

O avançado dos Red Devils foi mais uma vez vítima de abusos raciais nas redes sociais, depois do empate entre a sua equipa e o West Bromwich Albion, no domingo à tarde. É a segunda vez que isto acontece desde o início de 2021

Tribuna Expresso

PETER POWELL

Partilhar

O francês Anthony Martial, jogador do Manchester United, foi novamente escolhido como bode expiatório para os maus resultados do clube inglês. Mais uma vez, vários adeptos dos Red Devils escolheram o caminho mais fácil e menos honroso para mostrar a sua ira. Domingo, depois do empate com o West Bromwich Albion, o Instagram do internacional francês foi inundado de insultos racistas e emojis de gorilas.

Martial alinhou de início e foi substituído aos 66 minutos de um jogo que acabaria empatado a um golo, frustrando mais uma vez o treinador Ole Gunnar Solskjaer. O United começa a ver o City mais longe na luta pelo título da Premier League. Os dois grandes rivais de Manchester estão separados agora por sete pontos.

A frustração terá levado a que uns quantos alegados adeptos de futebol se virassem para as redes sociais de Martial. Esta foi já a segunda vez que o jogador de 25 anos foi escolhido como recetor de insultos raciais em 2021. Antes, Martial tinha sido insultado juntamente com os companheiros de equipa Marcus Rashford e Axel Tuanzebe, após a derrota por 2-1 com o Sheffield United.

Mensagens racistas para jogadores Premier League

Não se pense que é apenas o Manchester United a sofrer deste “vírus”. Jogadores de outras equipas da Premier League receberam o mesmo tipo de mensagens. Reece James e Antonio Rudiger, ambos do Chelsea, e Romaine Sawyers, do WBA, queixaram-se de abuso racial nas redes sociais ao longo das últimas semanas.

O representante da organização antirracista Kick It Out, Troy Townsend fotografou os insultos a Martial e escreveu no seu Twitter: “Deixem que quebre o meu silêncio de domingo para dizer que lá vamos nós outra vez. Tornou-se tão previsível que faz com que os comentários desta semana no Instagram parecem gozo. Pergunto-me se esta conta vai ser bloqueada por um mês e receber uma ‘Insta palmada no braço’ e um aviso ‘não voltes a fazer isso’”.

Segundo o “Daily Mail”, os clubes da Premier League fizeram um apelo às empresas de redes sociais, incluindo o Twitter e o Facebook, para não deixarem que sejam criadas contas anónimas. O pedido foi negado. No domingo, antes ainda do jogo, o antigo defesa do Manchester United, Gary Neville, disse às redes sociais que deviam apagar e desativar contas que promovam este tipo de abuso.