Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Ronaldo sempre foi egoísta e não quer saber se os outros marcam”

O antigo internacional italiano Cassano escolheu Cristiano Ronaldo como alvo para as suas críticas, depois de a Juventus ter sido derrotada pelo FC Porto. Já por várias vezes Antonio Cassano criticou Cristiano Ronaldo. Agora diz que o português tem problemas com a ideia de jogo de Pirlo

Tribuna Expresso

Paolo Bruno

Partilhar

Após a derrota da Juventus com o FC Porto por 2-1, em encontro a contar para a Liga dos Campeões, Cassano considerou que Ronaldo é “egoísta” e que o seu único foco é marcar golos. "Sempre disse isto: Cristiano Ronaldo é um fenómeno e pode já ter marcado um bilião de golos, mas pode vir a ter problemas com a ideia de jogo do Andrea Pirlo," constatou o antigo jogador da Roma, do AC Milan ou do Real Madrid, numa conversa com Christian Vieri, Ventola e Adani na Twitch TV.

Cassano insistiu na sua ideia: “Sempre foi egoísta, não quer saber se outros marcam, é o tipo de jogador que vive para marcar. Ele não vive para o jogo, para o grande jogo. Ele vive para o golo e isso está a tornar-se evidente". Depois do egoísmo, António Cassano passou para a idade de Ronaldo como problema: “Claro que quando lhe colocas gente como o Xavi, o Iniesta e o Kroos atrás, ele marca 50 golos, mas a Juventus está a mudar as ideias e a apresentar um novo projeto de jogo. E aqui ele fica em sarilhos. E vamos ser honestos: os anos passam para toda a gente”.

Para finalizar, Cassano colocou a hipótese de a contratação do craque português ao Real Madrid ter sido um erro. “O paradoxo é que a Juventus trouxe um jogador que tinha ganho cinco Ligas dos Campeões, mas que no entanto está a passar por muitas dificuldades.”