Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Greenwood revela que Solskjaer lhe deu dicas sobre ser avançado quando tinha sete anos

A relação entre Mason Greenwood e o seu treinador, Ole Gunnar Solskjaer, vem de longe, mais longe do que se possa pensar. Greenwood tinha sete anos e jogava com o filho do norueguês nas camadas jovens do Manchester United quando Solskjaer, que recebia formação para ser treinador, lhe deu umas dicas sobre ser avançado

Tribuna Expresso

OLI SCARFF

Partilhar

Mason Greenwood aproveitou o momento de assinar um novo contrato, por quatro anos, com os Red Devils, para contar o início da sua relação com o treinador Ole Gunnar Solskjaer. Greenwood fez toda a carreira até hoje no Manchester United, escalando todas as etapas da formação até chegar à primeira equipa, o ano passado.

Agora, aos 19 anos, o jogador recorda os seus tempos nas escolinhas de Old Trafford onde, aos sete anos, jogava ao lado do filho de Solskjaer, Noah, e recebeu algumas dicas sobre o papel de um avançado, dadas pelo atual treinador dos Red Devils. Na altura, o norueguês estava a receber formação para se tornar treinador.

“Eu estava nos sub8 e sub9 e treinava com o filho dele. Eu não me lembrava mas ele falou sobre isso. Falou das movimentações na área, os remates, portanto foi uma vantagem tê-lo por ali,” contou Greenwood.

Solskjaer já referiu várias vezes essa conversa com Mason no antigo centro de treinos do United. “Por acaso lembro-me de o conhecer porque o meu filho, aos oito anos, também treinava no The Cliff. O Mason tinha sete anos.”

“A primeira vez que o vi ele destacava-se e eu até tirei uma fotografia dele ao lado do meu filho Noah,” refere o norueguês. “Eu sabia que ele ia ser um jogador a sério,” acrescenta Solskjaer.

O jovem inglês tem tido mais algumas dificuldades em impor-se na equipa dos Red Devils esta época, com apenas um golo em 18 jogos. O adolescente revela que ter alguém como Marcus Rashford na equipa, proveniente, tal como ele, das camadas jovens do clube, é uma grande ajuda.

Greenwood também elogiou outro companheiro de equipa, bem mais recente no clube mas também muito mais experiente no mundo do futebol: Edinson Cavani. Marcus admite que o uruguaio também lhe tem dado conselhos, não referindo, no entanto, quais.