Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Imprensa inglesa rendida a Diogo Jota, decisivo no reencontro com os Wolves

“A cada golo, a cada semana que passa, Diogo Jota fixa-se mais no ataque a três do Liverpool. Jurgen Klopp deve pensar no que a classificação poderia ser se o avançado português não tivesse falhado os últimos três meses,” diz o Daily Mail

Tribuna Expresso

Laurence Griffiths - PA Images

Partilhar

Diogo Jota marcou o único golo do jogo entre a sua atual equipa, o Liverpool, e a antiga, o Wolverhampton, mais conhecido como a armada portuguesa da Premier League. Antes de se lesionar, o português tinha marcado nove golos em 17 jogos. Três meses depois, Jota mostrou que pode levar o ataque de Merseyside mais longe e já se pensa que Roberto Firmino tem o lugar em perigo no trio atacante dos Reds.

O jornal inglês “Daily Mail” diz que “num flash de vermelho, Jota lembrou aos Wolves dias melhores e mostrou ao Liverpool como o futuro pode ser”. É relativamente fácil imaginar a tabela de classificação, caso o português não tivesse estado lesionado nos últimos três meses.

A equipa de Jurgen Klopp tem sido dizimada por lesões mas a falta de eficácia no ataque tem sido crucial para os campeões em título. Na segunda-feira à noite, Jota precisou apenas de uma ocasião para decidir o jogo e receber “aquele abraço” que Nuno Espírito Santo lhe tinha prometido no regresso ao Molineux.

Com a saída de Jota dos Wolves, cabe agora a Pedro Neto cumprir as funções anteriormente entregues ao avançado do Liverpool. Dirão em Merseyside que Jota vale cada prestação paga ao Wolverhampton pelo Liverpool. Para já pagaram apenas cinco milhões de libras, por falar nisso.

O “Daily Mail” adianta que “se Jota terminar esta época como a começou, Klopp não se vai queixar. (…) O ritmo, o movimento e os golos de Jota trouxeram uma nova dimensão à linha atacante do Liverpool, fixando-o cada vez no triângulo atacante da equipa”.

O elemento em xeque deve ser o brasileiro Roberto Firmino, que está a passar por uma crise de eficácia e poderá perder o lugar para Diogo Jota. Contando que o português não volte a lesionar-se nos próximos tempos.