Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Sérgio Ramos tem pouca vontade de terminar a carreira: “Não se pode julgar alguém pelo cartão de cidadão”

No final do jogo entre Real Madrid e Atalanta, que os espanhóis venceram, Sergio Ramos mostrou-se preparado para mais uns jogos. Melhor, para renovar o contrato com o gigante de Madrid

Tribuna Expresso

Sergio Ramos (Real Madrid)

Angel Martinez

Partilhar

Depois da vitória do Real Madrid sobre a Atalanta por 3-1, o capitão dos espanhóis era um homem satisfeito e disponível para falar sobre a renovação de contrato com o clube. Ramos admitiu que existe um processo negocial e mostrou pouca pressa. O acordo em vigor tem a validade de julho de 2021.

Ramos afirmou: Quando houver alguma novidade, serei o primeiro a falar sobre isso,” afirmou o internacional espanhol que até marcou um golo no jogo com a Atalanta, na conversão de um penálti. Os 34 anos parecem não lhe pesar. Pelo contrário, o defesa parece disposto a andar mais uns anos pelos relvados da elite europeia do futebol.

“Quando passas tantos anos a cuidar de ti, acabas por colher os frutos. Não se pode julgar ninguém pelo cartão de cidadão, deve valorizar-se o rendimento,” comentou Sergio Ramos em declarações à Movistar.