Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

O que o Tottenham não quer, o Tottenham devolve: Carlos Vinicius deve regressar ao Benfica

O clube da Luz ainda não foi informado acerca das intenções do Tottenham em relação ao goleador brasileiro. Segundo a imprensa britânica, os Spurs não vão usar a cláusula que lhes dá opção de compra do jogador de 25 anos. Os londrinos consideram o valor, 45 milhões, exagerado. Se houver abertura do Benfica para negociar abaixo desse valor, os Spurs põem a hipótese de ficar com o jogador

Tribuna Expresso

Gualter Fatia

Partilhar

O Benfica continua à espera da decisão do Tottenham em relação à continuação de Carlos Vinícius em Londres. A eliminação de ontem da equipa de Mourinho na Liga Europa pode ter vindo complicar ainda mais a situação. É certo que os londrinos consideram a cláusula de opção de compra de Vinícius muito alta. Segundo “A Bola”, há hipótese de Spurs e Benfica tentarem negociar o valor.

De acordo com o “Daily Mail”, o clube de Londres já terá mesmo contactado os encarnados no sentido de perceber se haveria abertura para negociar o avançado por outros valores. “A Bola” refere que, segundo uma fonte do Benfica, para que os Spurs ficassem com o jogador, o clube da Luz teria que baixar substancialmente o preço, algo que o clube português não está disposto a fazer. De acordo com o “Daily Mail”, o Tottenham não está disposto a dar mais do que 19 milhões de euros por Vinícius.

O Benfica contratou Carlos Vinícius ao Nápoles por cerca de 17 milhões de euros, com o brasileiro a justificar a contratação com os golos que marcou na época passada. Na Luz, esperava-se que o avançado se valorizasse com o empréstimo ao Tottenham mas a verdade é que o brasileiro tem concorrência feroz no ataque dos Spurs e Mourinho acabou por não lhe dar muitas oportunidades de se mostrar.

Na Premier League, Carlos Vinícius tem apenas um jogo como titular e seis como suplente utilizado. Já na Liga Europa, da qual os Spurs foram eliminados ontem, Vinícius aproveitou para para faturar, com seis golos em nove jogos. Depois da derrota de ontem com o Dínamo de Zagreb, Vinícius terá muito menos montra e deixou de ser apenas o brasileiro a não saber onde vai estar na próxima época. O próprio Mourinho poderá não estar à frente da equipa muito mais tempo.