Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Chamam-lhes BBC e o Real Madrid quer (re)vê-los ao vivo: Bale, Benzema e Cristiano

Sonhar é fácil, principalmente para gigantes como o Real Madrid, que até pode concretizar o desejo. Neste caso, as iniciais BBC não significam documentários sobre a vida selvagem. Mas o ataque do Real Madrid com Bale, Benzema e Cristiano assusta bastante as defesas dos adversários

Tribuna Expresso

Helios de la Rubia

Partilhar

De acordo com o jornal espanhol “AS”, o Real Madrid pode estar a preparar-se para lançar uma bomba no mercado futebolístico. O clube espanhol quer voltar a ter um trio de ataque demolidor. Com Cristiano Ronaldo a passar dias difíceis em Turim, Gareth Bale de volta às exibições que o levaram originalmente para Madrid e Karim Benzema de portas abertas para receber os antigos colegas, pode ser que aconteça.

Ronaldo enfrenta um futuro incerto na Juventus, que já disse adeus à Liga dos Campeões e tem um atraso de dez pontos para o líder do campeonato, o Inter de Milão. O clube de Turim tem-se mostrado interessado em vender o português, em parte para conter custos. O jogador não parece muito feliz, ou seja, há, no mínimo, alguma possibilidade de entendimento entre o seu antigo clube e o atual.

Gareth Bale beneficiou do empréstimo ao Tottenham e o Real bem pode agradecer a Mourinho, que conseguiu despertar o leão adormecido e pode mesmo ter mudado a ordem das prioridades do galês. Já não será “Golf, Gales e Madrid”, pelo menos a julgar pelas declarações de Bale na passada terça-feira, na concentração da seleção. O jogador surpreendeu ao anunciar que pretende regressar ao Real Madrid no fim da época.

Quanto a Karim Benzema, tem a vantagem de já lá estar, bastando-lhe dar as boas-vindas aos antigos colegas de equipa. O francês está em grande forma, tendo marcado 23 golos em 32 jogos esta época e afastando criticas baseadas nos seus 33 anos.

O trio conhecido como “BBC” ganhou três vezes seguidas (entre 2016 e 2018) a Liga dos Campeões, sob orientação de Zinedine Zidane. Ronaldo deixou o Real após a conquista do último troféu milionário e resolveu experimentar o futebol italiano. Não se pode dizer que a mudança tenha corrido mal, pelo menos até esta época. Diga-se que os problemas enfrentados pela Juventus esta temporada estão muito longe de poderem ser atribuídos ao português. São questões que envolvem o coletivo, incluindo o treinador Andrea Pirlo.

Segundo o jornal “Marca”, Ronaldo, de 36 anos, está disponível para a perspetiva de voltar a Espanha. Em conversa com Christian Vieri no seu canal Twitch, o italiano Antonio Cassano, que também jogou no Real Madrid, disse que Cristiano é “alguém a quem passas a bola para ele marcar. Ronaldo já não é o que era há quatro anos”.

De acordo com o “Daily Mail”, o Real Madrid tem sido associado a outros nomes da elite do futebol europeu. Harry Kane, Erling Haaland ou Kylian Mbappé podem não formar uma sigla engraçada mas seriam sempre um trio de luxo.

Tudo isto decorre em contexto Covid-19, a pandemia que tem afetado a saúde física e mental de pessoas em todo o mundo, mas também a economia de entidades como o Barcelona e o Real Madrid.