Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

A braçadeira que Cristiano Ronaldo atirou ao chão está num site sérvio de leilões e já vale um milhão de euros

Um funcionário do estádio teve a ideia de apanhar a braçadeira e leiloá-la online. O objetivo é ajudar uma criança com uma doença grave. Já foram feitas mais de 500 licitações e ainda faltam quase 40 horas para o fim do leilão

Tribuna Expresso

PEDJA MILOSAVLJEVIC

Partilhar

Faltam ainda muitas horas para terminar o leilão da braçadeira que o capitão da seleção portuguesa atirou ao chão no final do jogo com a Sérvia. A ideia de um funcionário do estádio Rajko Mitic parece estar a dar resultado e, tendo em conta o objetivo, ainda bem.

Com 500 licitações e um valor perto do milhão de euros, a braçadeira pode fazer feliz quem conseguir ficar com ela, mas também a família de Gavrilo Djurdjevic, um bebé de seis meses. Gavrilo sofre de atrofia muscular espinal e o medicamento de que precisa custa à volta dos dois milhões de euros. O dinheiro obtido com o leilão da braçadeira tem como objetivo ajudar a criança. Ao “Telegraf”, a mãe do bebé, Nevena, confessou-se radiante: “Estamos imensamente gratos às pessoas que apanharam a braçadeira e decidiram colocá-la em leilão para ajudar o nosso filho”.

A ideia partiu de um funcionário do estádio, que pediu para não ser identificado. “Ronaldo atirou a braçadeira a três metros de mim e tive a ideia de colocá-la à venda,” disse o autor da iniciativa. Depois de apanhar a braçadeira do chão, decidiu entrar em contacto com um canal desportivo e colocar o objeto à venda. Desde o princípio, o objetivo era ajudar o pequeno Gavrilo.