Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Algo vai mal no Reino da Noruega: Haaland é desejado pelos maiores clubes e criticado quando joga pela seleção

Só tem 20 anos mas é pretendido pelos tubarões do futebol europeu. Erling Haaland é a estrela da seleção norueguesa mas as suas últimas exibições pela equipa nacional têm sido duramente criticadas. Já no Borussia Dortmund as coisas correm-lhe muito bem

Tribuna Expresso

David Fitzgerald/Getty

Partilhar

Joga pela seleção da Noruega aquele que é considerado um dos maiores prodígios do futebol europeu na atualidade. De tal forma que Erling Haaland é pretendido por vários tubarões e tem apenas 20 anos. No entanto, parece ter sido talhado para jogos entre clubes e não entre seleções.

É certo que um jovem que até há pouco tempo era júnior não podes ser único culpado da derrota da Noruega em casa, frente à Turquia por 3-0. Mas a pálida exibição no jogo com Gibraltar levou a imprensa norueguesa, normalmente ponderada, a fazer fortes críticas Haaland, lembrando-lhe que é a estrela da seleção.

As exibições do norueguês com a camisola do Borussia Dortmund deixam os mais endinheirados clubes da Europa a salivar por ele. E, no entanto, na seleção, não tem conseguido brilhar. Frente a Gibraltar, provavelmente a seleção mais frágil do continente europeu, Haaland saiu aos 62 minutos, em branco e cabisbaixo.

Tem sido assim nos últimos jogos da Noruega. O avançado sai de campo com os olhos no relvado, como se procurasse no chão as razões para não conseguir fazer a diferença pela seleção do seu país. Os críticos apontam-lhe o dedo, dizem que não é o mesmo que joga na Bundesliga.

Mas até nisso, Haaland, o menino de 20 anos, mostra maturidade. “Tenho de subir vários degraus. Se quisermos ter uma hipótese, devemos dar o nosso melhor. É importante estar sozinho agora e pensar no que posso fazer melhor pela seleção,” disse a um canal norueguês.