Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Perguntei-lhe: ‘Cristiano, posso ficar com a tua camisola?’. Ele nem olhou para mim, só disse ‘não’. Fiquei corado”

Jogador da Atalanta e internacional alemão, Robin Gosens acaba de lançar um livro de memórias. Apesar dos 26 anos, o lateral esquerdo tem muitas histórias para contar. Uma delas envolve Cristiano Ronaldo e a recusa deste em dar ao alemão a sua camisola, no fim de um jogo

Tribuna Expresso

Ronaldo com a bola e Gosens a fazer pela vida antes do episódio da camisola

Nicolò Campo

Partilhar

Mesmo sendo internacional pela Alemanha, Robin Gosens é um jogador relativamente desconhecido. No seu novo livro de memórias, Gosens conta histórias de um “caminho um pouco diferente” para se tornar futebolista. O alemão de 26 anos não esqueceu um episódio com Cristiano Ronaldo que o deixou frustrado.

Atalanta e Juventus defrontaram-se nas meias-finais da Taça de Itália, na época 2018/19. E foi após esse jogo, em que a Atalanta eliminou a Juventus, que Cristiano Ronaldo desiludiu o lateral esquerdo da equipa de Bergamo.

Ainda no relvado, Gosens ganhou coragem e dirigiu-se a CR7: “Tentei cumprir o sonho de ter a camisola de Ronaldo. Fui ter com ele, nem me dirigi ao público para festejar,” conta o alemão. “Perguntei: ‘Cristiano, posso ficar com a tua camisola?’ Ele nem olhou para mim, só disse ‘Não!’. Fiquei corado e envergonhado.”

É público que o jogador português não lida muito bem com as derrotas e talvez o facto de a sua equipa ter acabado de ser eliminada da Taça de Itália tenha ajudado à atitude menos simpática. Quanto a Gosens: “Fui afastado e senti-me pequeno”. “Sabem aquele momento em que acontece algo embaraçoso e olham à volta para ver se alguém reparou? Foi isso que senti,” contou o alemão, citado pelo site “Goal”.