Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Benfica sonda Miguel Ribeiro (Famalicão) e Rui Pedro Braz (TVI) para o lugar de diretor-geral

A notícia é avançada pelo jornal "Record"

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

A saída de Tiago Pinto para a AS Roma, de Paulo Fonseca, deixou vazia a vaga de diretor-geral para o futebol profissional. Segundo o jornal "Record", Luís Filipe Vieira tem dois nomes na cabeça para o cargo: Miguel Ribeiro, que dirige a equipa do Famalicão, e Rui Pedro Braz, comentador da TVI e autor de livros como "Mister Jesus" (sobre Jorge Jesus), "Coração de Leão" (sobre Sá Pinto), "Os Mandamentos de Jesus" (sobre Jorge Jesus) ou "O Código Quique" (sobre Quique Flores) .

De acordo com o jornal "Record", os responsáveis encarnados encontram-se mais inclinados para Miguel Ribeiro, um dos responsáveis pela boa época 2019-20 (sexto lugar na Liga) do Famalicão, clube que, esta temporada, tem encontrado maiores dificuldades para se impor no campeonato. Em resultado disso, os famalicenses já vão no seu terceiro treinador.

Recorde-se que o Benfica tem agora um novo diretor de comunicação, Pedro Pinto, antigo jornalista da TVI.

Com a saída de Tiago Pinto, a posição de diretor-geral foi assumida informalmente por Rui Costa.