Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

"Um disparate total". Chelsea reage às acusações de Sérgio Conceição a Thomas Tuchel

O jornal "Daily Mail" noticia o facto de Sérgio Conceição ter afirmado que Thomas Tuchel o mandou "f..." . Entretanto o Chelsea respondeu e considera que as acusações do treinador portista são "um completo disparate". O jornal inglês destaca o papel de Pepe, que terá contribuído para a confusão no fim do jogo que apurou os ingleses para as meias-finais da Liga dos Campeões

Tribuna Expresso

FERNANDO VELUDO/LUSA

Partilhar

Segundo relata o jornal inglês “Daily Mail”, o Chelsea “ficou chocado com a conduta dos jogadores e da equipa técnica do FC Porto durante o jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões em Sevilha, na noite de terça-feira”. Os Blues de Londres perderam o jogo por 1-0 mas ganharam a eliminatória por 2-1 e negam que o seu treinador, o alemão Thomas Tuchel tenha dito a Sérgio Conceição para se ir “f…”.

Após o apito final, os dois treinadores provocaram-se mutuamente, sendo seguidos por confrontos entre membros das duas equipas. O Chelsea acusa Conceição de intencionalmente provocar os elementos da equipa inglesa desde o início do jogo e tentar pressionar os árbitros ao longo da partida.

Alegadamente, os jogadores portistas terão usado linguagem pouco amigável no diálogo com a equipa do Chelsea. O primeiro atleta do FC Porto a juntar-se ao confronto foi Pepe. Edouard Mendy e Antonio Rudiger juntaram-se à “festa” da parte do Chelsea.

Recorde-se que, na conferência de imprensa pós-jogo, Sérgio Conceição disse que tinha sido insultado por Tuchel. “Fui insultado por este homem ao meu lado. Eu disse ao árbitro que o quarto elemento da sua equipa tinha ouvido os insultos,” disse o técnico português, acrescentando: “O meu inglês não é perfeito, não faz sentido falarmos disso. Não houve troca de palavras porque eu estava concentrado no jogo, não sei por que razão ele reagiu”.

Um porta-voz do clube londrino respondeu: “As alegações são um disparate completo”. De acordo com o diário inglês, “a UEFA poderia analisar os acontecimentos mas é pouco provável que o Chelsea apresente queixa”. Ou seja, o “Daily Mail” não põe sequer a hipótese de ser o FC Porto a apresentar queixa.

Pepe terá sido visto a confrontar o treinador dos Blues. Foi um dos árbitros que separou os dois adversários, evitando confronto físico. Thomas Tuchel dedicou pouco tempo ao assunto na conferência de imprensa pós-jogo: “Foi apenas uma pequena discussão entre mim e o treinador deles e, de repente, todos vieram para a nossa beira. Nada de importante”.