Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Rúben Amorim: "Nós sabíamos que ao apostar em muitos jovens ao mesmo tempo estas coisas podiam acontecer"

Não muito longe de Alvalade "mora" um presidente que, em todas as entrevistas, repete o desejo de apostar nos jovens da formação, embora em campo isso não se note. Por outro lado, esta época, quase sempre que o Sporting joga, vê-se a irreverência dos mais jovens combinada com a experiência de alguns. Rúben Amorim apostou na formação e, até ver, comanda a Liga. Mas o técnico do Sporting reconhece os perigos de ter muitos jogadores jovens em campo

Tribuna Expresso

Octavio Passos

Partilhar

O Sporting, apesar do discurso cauteloso do treinador, manteve-se impávido e sereno no primeiro lugar da Liga e por lá continua, embora agora as pernas tremam mais. Nos últimos jogos, os resultados e as exibições, nomeadamente de alguns jogadores jovens, têm posto em risco a serenidade.

Com a competição na sua fase final, os Leões permitiram a aproximação dos adversários, com destaque para o FC Porto, uma vez que Benfica e Sporting de Braga dão mostras de já não estarem na luta.

Na equipa leonina, esfomeada de títulos, Rúben Amorim mantém a calma possível. Ganharam um jogo difícil, com o Sporting de Braga, mas ficaram longe de convencer. Vêm aí mais jogos complicados e os Leões podem ter de lutar mais para defender o primeiro lugar.

Amorim procura explicações para a repentina quebra nos resultados e nas exibições da equipa que comanda: “É possível que seja da fase da época. Nós sabíamos, desde o primeiro momento que, ao apostar em muitos jovens ao mesmo tempo, estas coisas podiam acontecer”.

Mas o também jovem treinador procura apontar o foco para o crescimento de alguns jogadores: “Como cresceu o Nuno Mendes”. “Sabemos que vão errar, mas vamos ganhar muito com eles no futuro,” salienta Rúben Amorim.