Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Imprensa francesa considera João Cancelo o "elo mais fraco" do Manchester City

A comunicação social gaulesa não esconde o apoio ao PSG para dar a volta ao resultado negativo da primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões. Os parisienses perderam por 2-1 em Manchester e mantêm a esperança de eliminar os ingleses em casa. Para isso, segundo os média, os pupilos de Pochettino devem explorar “o elo mais fraco” do City, João Cancelo

Tribuna Expresso

Partilhar

“É a história que está em causa,” dizem os jornais pintados de azul, branco e vermelho. Caso o PSG consiga dar a volta ao resultado negativo alcançado em Inglaterra, será a segunda final consecutiva para os franceses. O clube que domina a Ligue 1 a seu bel-prazer perdeu por 2-1 em casa, o que ainda assim lhe dá margem para acreditar que é possível virar o resultado a seu favor.

No que depender da imprensa gaulesa, os parisienses terão todo o apoio de que precisarem, incluindo conselhos específicos. O jornal “L’Equipe”, por exemplo, oferece a Neymar e companhia algumas pistas para explorar as fraquezas do City. E, segundo a publicação, a fraqueza maior é portuguesa e chama-se João Cancelo.

Os franceses referem-me mais concretamente aos problemas do jogador formado no Benfica nos cantos marcados pelas equipas adversárias. O “L’Equipe” explica que Guardiola coloca Kevin de Bruyne no poste mais próximo e Cancelo no mais distante, o que pode permitir a Di Maria encontrar Marquinhos e ser feliz.

O jornal francês escreveu: “Não devem tentar reproduzir o mesmo padrão (do outro lado) e por uma boa razão – Kyle Walker é muito melhor nas alturas do que Cancelo”.

Apesar de o City ter conseguido marcar dois golos fundamentais no Parque dos Príncipes, a imprensa aconselha calma ao PSG. A verdade é que a equipa de Danilo tem jogado melhor fora de casa, esta época.

O PSG perdeu oito vezes em casa, esta época, frente a Marselha, Lyon, Mónaco, Nantes e Lille, na Ligue 1. Nas competições europeias, os parisienses foram derrotados em casa pelos dois clubes de Manchester e pelo Bayern de Munique.