Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Depois da derrota com o AC Milan, Cristiano Ronaldo foi ver como se faz um Ferrari

Enquanto os companheiros de equipa regressaram aos treinos após a humilhante derrota por 3-0, Ronaldo, devidamente acompanhado pelo presidente da Juventus, foi fazer uma visita à fábrica da Ferrari. O português encontrou-se com os pilotos da marca na Fórmula 1, Carlos Sainz e Charles Leclerc, e ofereceu-lhes camisolas autografadas

Tribuna Expresso

Andreia Agnelli, presidente da Juventus, com Ronaldo

Daniele Badolato - Juventus FC

Partilhar

Após a derrota frente ao AC Milan, de números pesados e consequências não menos graves, o plantel da Juventus regressou aos treinos orientados por Andrea Pirlo. Todos lá estavam menos um: Cristiano Ronaldo.

Através da imprensa italiana, ficámos a saber que o capitão da seleção nacional faltou ao treino de recuperação em Continassa. Devidamente acompanhado por Andrea Agnelli, presidente da Juventus, Ronaldo foi ver como se faz um Ferrari. O jogador visitou a fábrica da marca, em Maranello.

Para além dos carros e do processo de construção dos mesmos, Cristiano teve a oportunidade de conhecer os dois pilotos da marca na Fórmula 1, o espanhol Carlos Sainz e o monegasco Charles Leclerc. O jogador ofereceu camisolas autografadas aos pilotos e posou com eles em fotografias que rapidamente foram colocadas nas redes sociais.