Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Já são quatro. Vitória de Guimarães com mais um jogo à porta fechada. Agora é a falta de som em imagens da CCTV

O clube vimaranense já tinha sido castigado com três jogos à porta fechada e uma multa devido aos insultos a Marega. O novo castigo está relacionado com o mesmo jogo, o Vitória-FC Porto. No entanto, refere-se ao facto de não haver som nas câmaras de vigilância do estádio

Tribuna Expresso

Gualter Fatia

Partilhar

Depois de ter sido castigado com três jogos à porta fechada devido aos insultos racistas proferidos por adeptos a Marega, o Vitória de Guimarães foi novamente punido. O quarto jogo à porta fechada e a nova multa (5.000 euros) referem-se à ausência de som nas imagens CCTV.

A decisão foi comunicada esta segunda-feira pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. A nova punição refere-se ao mesmo jogo que as anteriores, embora a infração seja outra. O jogo em causa foi o Vitória de Guimarães-FC Porto de 16 de fevereiro de 2020, a contar para a 21ª jornada da Liga.

Do anterior castigo de três jogos, o Vitória de Guimarães já cumpriu uma parte. No passado dia 12 de maio, frente ao Famalicão, o jogo foi à porta fechada, sendo que as diferenças entre este e os jogos ditos “normais” não serão visíveis a olho nu, dada a permanente ausência de público nas bancadas dos estádios.