Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Presidente do Atlético de Madrid garante: João Félix fica. Já Griezmann tem a porta aberta para voltar

Enquanto espera pelo título, Enrique Cerezo, presidente do Atlético de Madrid, vai definindo algumas linhas para a próxima época. Muito caro e pouco regular, João Félix continua a ter o apoio do líder do clube. Quanto a Antoine Griezmann, pouco feliz no Barcelona, seria recebido com entusiasmo no Wanda Metropolitano

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

O presidente do Atlético de Madrid deu uma entrevista ao jornal “Marca” e esclareceu alguns pontos. Mais concretamente dois: João Félix e Antoine Griezmann, ambos com sangue lusitano nas veias, curiosamente. Félix continua a mostrar o talento mas nem sempre convence. Indiferente às críticas, Cerezo mostra que continua a contar com o antigo avançado do Benfica.

Sem papas na língua, o dirigente falou abertamente sobre os temas que mais o preocupam no que diz respeito à próxima época. Não é segredo que Griezmann continua a ser um menino bonito entre os adeptos e os dirigentes dos Colchoneros. Perante os rumores de que o Barcelona está a pensar vender o seu passe, Cerezo mostrou-se encantado com a possibilidade de voltar a ver o luso-francês com a camisola vermelha e branca: “Qualquer equipa estaria louca por ter Griezmann. É um jogador magnífico, quem dera que o recuperássemos. Mas não creio que o Barça queira vendê-lo. Está na elite”.

O diário desportivo espanhol imagina um tridente ofensivo “de muitos quilates” com João Félix, Griezmann e Luis Suárez. Sobre o jovem português, o presidente do Atlético diz que “tem de se adaptar”. “No dia em que o fizer será um dos mais importantes no planeta futebol, Os jogadores não são máquinas, têm dias bons e maus. (João Félix) dará muitas tardes de glória a este clube.”

Para terminar, Cerezo foi confrontado com a hipótese de Messi vir a vestir a camisola do Atlético: “Messi? No Atlético? Cada jogador sabe onde quer jogar, tens que perguntar ao Messi”.