Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jornais ingleses já falam de Bruno Lage e apontam o ex-treinador do Benfica ao Wolverhampton

Parecia desaparecido em combate mas eis que ressurge Bruno Lage, o técnico que foi despedido pelo Benfica apesar de ter conseguido melhores resultados do que Jesus e os 100 milhões. Depois da saída de Nuno Espírito Santo do comando técnico dos Wolves, parece que o substituto vai continuar a falar português, embora as negociações não tenham terminado e haja outros nomes em cima da mesa

Tribuna Expresso

Bruno Lage levanta o caneco no jogo que confirmou o título do Benfica, a 18 de maio de 2019.

Gualter Fatia

Partilhar

O jornal inglês “Daily Mail” escreve que Bruno Lage está em negociações com os Wolves para suceder a Nuno Espírito Santo como treinador da equipa inglesa. Na notícia é referido que as conversas estão ainda em fase embrionária e que o negócio está longe de estar fechado.

O técnico de 45 anos é uma de várias hipóteses para treinar a equipa mais portuguesa da Premier League. O “Daily Mail” refere que Lage “esteve 18 meses no Benfica e, antes disso, foi adjunto (de Carlos Carvalhal) no Swansea e no Sheffield Wednesday”. Segundo o jornal, o técnico “esteve em Inglaterra para uma entrevista mas o processo deve demorar duas a três semanas” e Lage não é o único candidato.

Bruno Lage “terá rejeitado várias oportunidades” desde que saiu do Benfica. Os ingleses destacam o facto de o técnico ter levado “os gigantes de Lisboa ao título em 2019” e de ter “saído um ano mais tarde”. Um dos “pormenores” referidos pela imprensa inglesa é o facto de Lage ser representado por Jorge Mendes.

O “Daily Mail” diz ainda que, apesar das despedidas emocionadas de Nuno Espírito Santo, com homenagens da parte dos adeptos e dos jogadores, a coisa está feia entre os donos do clube e o antigo treinador do FC Porto e do Rio Ave. Supostamente, a Fosum, proprietária dos Wolves, forçou o fim do mandato de Nuno Espírito Santo, depois de ter renovado com ele há menos de um ano. Do lado do técnico português haverá também alguma insatisfação quanto às perspetivas de reforçar a equipa.