Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Buffon está com 43 anos, saiu da Juventus, quer continuar a jogar e não diria que não ao Benfica

Depois de já ter sido associado ao FC Porto, o veterano das balizas europeias, lenda viva do futebol italiano e da Juventus em particular, quer continuar a jogar. Aos 43 anos, Buffon vê com bons olhos voltar a emigrar, agora para Portugal, Espanha ou Grécia. O jornal "A Bola" refere Benfica, Sevilha e Olympiakos como os preferidos do italiano

Tribuna Expresso

Stu Forster

Partilhar

Gianluigi Buffon continua a empurrar a carreira para a frente, eternizando-a nas balizas da Europa. O guarda-redes de 43 anos acabou o contrato que o ligava à Juventus (685 jogos e 10 títulos da Série A) mas não se julgue que o italiano vai pendurar as luvas. No calendário de Buffon, ainda é cedo.

Segundo o jornal “A Bola”, Gigi foi mesmo sugerido ao Benfica por empresários de futebol. O internacional italiano sente-se em condições de continuar a jogar e tem três países na lista de possíveis destinos: Portugal, Espanha ou Grécia. O jornal português diz que Benfica, Sevilha ou Olympiakos são os clubes que mais atraem Buffon.

O próprio admitiu ter recebido várias propostas desde que terminou o contrato com a Juve. Critérios de escolha? “A mais estimulante e louca.” O italiano diz que “ainda precisa de lutar, viajar e levar o corpo até ao limite”. Se não surgir uma proposta que preencha os requisitos de Buffon, aí sim, o guarda-redes admite terminar a carreira.