Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Marcus Rashford diz ter sido alvo de "pelo menos 70 insultos racistas" nas redes sociais depois da derrota do Manchester United

O Manchester United perdeu a Liga Europa para o Villarreal numa sucessão sem fim de penáltis. Juntamente com Bruno Fernandes ou David de Gea, Marcus Rashford era dos mais inconformados no final da partida. Mais tarde, o avançado admitiu ter recebido dezenas de comentários racistas nas redes sociais

Tribuna Expresso

Kacper Pempel - Pool

Partilhar

Marcus Rashford mostrou em campo a sua desilusão com a derrota do Manchester United frente ao Villarreal na final da Liga Europa. O jovem avançado dos Red Devils não escondeu a tristeza, ampliada pelos abusos raciais que recebeu nas redes sociais nas horas que sucederam à derrota.

Pouco mais de uma hora após o final do jogo, Rashford admitiu: “Contei pelo menos 70 insultos racistas nas minhas contas até agora. Para aqueles que estão empenhados em fazer-me sentir pior do que eu já estou, boa sorte”.

Foi com tristeza que o jogador, fortemente empenhado em causas sociais, nomeadamente no que diz respeito à educação, contou que um dos autores dos insultos é um professor, que lhe enviou “montes de emojis de macacos”.

Rashford escreveu: “Estou mais ofendido por um dos abusadores ser um professor de matemática com uma conta visível. Ele ensina crianças! E sabe que pode ser racista à vontade, sem consequências”.