Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Noronha Lopes ao ataque: "Vieira não pode misturar o Benfica com as suas trapalhadas e negociatas"

Depois de um longo silêncio, o candidato derrotado por Luís Filipe Vieira nas últimas eleições benfiquistas, está de regresso. Noronha Lopes está preocupado com o "problema reputacional" do Benfica, gerado pelo envolvimento de Vieira no caso BES e critica o presidente por referir o clube na audição parlamentar de que foi alvo

Tribuna Expresso

TIAGO PETINGA

Partilhar

Em entrevista ao jornal “Record”, o candidato da oposição nas últimas eleições do Benfica refere aquilo a que chama “um problema reputacional” do clube, provocado por Luís Filipe Vieira. Noronha Lopes afirma: “Vieira está naturalmente preocupado com as dívidas aos bancos e as dúvidas na Justiça. O Benfica não pode ficar em terceiro lugar nessa ordem de prioridades”.

Noronha Lopes admite que Vieira “tem todo o direito de se defender e tratar dos seus assuntos”. O problema é quando o presidente do Benfica mistura o clube com “as suas trapalhadas e negociatas”. “A coisa mais grave que se passou foi o facto de Luís Filipe Vieira ter levado o Benfica para a comissão parlamentar do Novo Banco quando era exatamente o oposto do que se esperava do presidente do Benfica.”

De acordo com o adversário de Luís Filipe Vieira, “há uma promiscuidade total entre Luís Filipe Vieira empresário, presidente do Benfica e sócio do maior acionista individual da SAD. Não é de estranhar que tivéssemos uma OPA considerada ilegal e um óbvio conflito de interesses.”

Noronha Lopes defende que a audição parlamentar provou que “Vieira precisa do Benfica e não é o Benfica que precisa de Vieira”. “Este comportamento que Vieira teve envergonha os benfiquistas,” afirmou o gestor.