Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

A Ucrânia apresentou um novo equipamento com o mapa do país a incluir a Crimeia. Os russos, que invadiram o território, indignaram-se

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia por causa da região da Crimeia chegou ao futebol. Mais concretamente, aos equipamentos. Motivo: o mapa da Ucrânia estampado na camisola da seleção desse país, que inclui a região ocupada pelos russos em 2014

Tribuna Expresso

Телеканал Дождь

Partilhar

O líder da Federação Ucraniana de Futebol causou revolta na Rússia ao apresentar uma nova camisola da seleção nacional. Em causa está o desenho de um mapa da Ucrânia que inclui a Crimeia, região ocupada pelos russos em 2014.

Apesar de Moscovo considerar a península parte do seu território, a maior parte da comunidade internacional reconhece a Crimeia como parte integrante da Ucrânia. A rivalidade entre os dois países não é de hoje, sendo que, no longo mandato de Putin, os conflitos tenham ganho nova força à conta das investidas russas.

Agora, a crise política chegou aos equipamentos de futebol, situação inédita no conflito. A camisola foi apresentada no domingo, a dias do início do Euro 2020, na página do Facebook do líder da federação ucraniana, Andriy Pavelko.

Na frente, a camisola amarela mostra o mapa da controvérsia a branco. Na parte de trás pode ler-se “Glória para a Ucrânia” e por dentro há ainda outra frase: “Glória para os heróis”. Ambas as frases são normalmente utilizadas em contexto militar pelas forças ucranianas.

O deputado russo Dmitry Svishchev foi citado pela agência noticiosa RIA dizendo que o desenho do equipamento é “uma provocação política”. O político terá dito que mostrar um mapa da Ucrânia “que inclui um território russo é ilegal”. Uma porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia considerou as camisolas “nacionalistas” e comparou o novo equipamento da seleção ucraniana à propaganda nazi nos anos 30 do século passado.

Ambas as seleções vão estar presentes no Euro 2020, sendo que, para já, não há qualquer previsão de se defrontarem em campo. A Ucrânia está no Grupo C, com os Países Baixos, a Áustria e a Macedónia do Norte. Já a Rússia está no Grupo B, que inclui a Bélgica, a Dinamarca e a Finlândia.