Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Neemias Queta cada vez mais perto da NBA: português foi convidado para o Draft Combine

O sonho de jogar na NBA, e ser o primeiro português a fazê-lo, está cada vez mais próximo para Neemias Queta. Segundo o jornalista Jon Chepkevich, o jogador é um dos convidados a marcar presença no Draft Combine, que terá lugar em Chicago, entre 21 e 27 de junho.

Rita Meireles

Utah State

Partilhar

O rapaz do Barreiro, nascido em 1999 e há quase três anos emigrado nos EUA em busca da felicidade com uma bola a saltitar-lhe por entre as mãos, está cada vez mais perto de poder vir a ser o primeiro português a ser escolhido para jogar numa equipa da NBA.

Ao longo do draft, evento anual onde os clubes da liga pescam jogadores jovens, vindos do campeonato universitário do país, Neemias Queta passará por uma série de entrevistas com as equipas da Liga, jogos de cinco contra cinco, exercícios, medições e exames médicos. A assistir no local vão estar 10 membros de cada equipa da NBA, enquanto que outros seis poderão estar presentes nas entrevistas.

Neemias tinha já avançado com uma candidatura ao draft em 2019, mas acabou por recuar, fazendo assim três épocas ao serviço dos Utah State. Em 2020/2021 somou 433 pontos, 294 ressaltos, 77 assistências, 31 roubos de bola e 97 desarmes de lançamento. Jogou e foi titular em todos os 29 jogos disputados, sendo que no último jogo, primeira ronda da March Madness contra os Texas Tech, esteve 40 minutos em campo.

Enquanto jogador dos Aggies, a Neemias foi ainda atribuído o prémio de rookie do ano em 2019, com 414 pontos, 57 assistências e 84 bloqueios na sua primeira época, e defesa do ano em 2019 e 2021.

Este ano foi um dos quatro finalistas do Naismith Defensive Player of the Year, prémio atribuído ao melhor defesa do basquetebol universitário norte-americano, ganho por Davion Mitchell.