Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Empresário de Pedrinho aponta o dedo a Jorge Jesus: "Ele trata todos mal"

Em entrevista ao "Jogo", Will Dantas acusa o treinador do Benfica de "falta de humildade, arrogância e prepotência" na sua relação com o jogador. Segundo o empresário, o jovem brasileiro "perdeu um ano de carreira" graças à "falta de apoio" de Jesus. Entretanto, Pedrinho já assinou pelo Shakhtar Donetsk onde, de acordo com o agente, tudo será diferente

Tribuna Expresso

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Will Dantas, empresário do brasileiro Pedrinho, deu uma entrevista ao jornal “O Jogo” com duras críticas a Jorge Jesus. Segundo o agente, o técnico do Benfica foi o grande culpado pelo insucesso do jovem jogador. Pedrinho chegou à Luz no início da última época, ainda a pedido de Bruno Lage. Com o antigo treinador da formação benfiquista de saída, o brasileiro veio encontrar mais dificuldades de ambientação do que esperava.

Para o agente do jogador, se Pedrinho tivesse ficado mais uma época na Luz ao serviço de Jesus, iria continuar a desvalorizar-se. Ainda no Flamengo, Jorge Jesus já tinha mostrado algum menosprezo pelo futebolista.

Após rumar à Ucrânia para jogar no Shakhtar Donetsk, onde espera jogar mais regularmente, Pedrinho está “muito feliz” nas palavras do seu empresário. “Já não o via assim tão feliz há muito tempo. Está a ter o apoio de todos e do próprio treinador (…) que adora o seu futebol,” frisa Will Dantas.

O agente acredita que o jovem deu o passo certo ao deixar a Luz. “Pedrinho teve no Shakhtar o que não teve no Benfica: o apoio inicial da parte do treinador, (…) algo que o daí (Jesus) não deu, muito pelo contrário,” disse.

Sem dúvidas de que o técnico benfiquista é o culpado pela má época de Pedrinho na Luz, Will Dantas diz que Jesus “não passou qualquer tipo de confiança para o atleta”. “Jesus trata todos os jogadores dessa forma, embora com o Pedrinho tenha sido pior, dado que até já tinha falado mal dele,” afirmou Dantas referindo-se às críticas do treinador português a Pedrinho, quando este jogava no Corinthians e Jesus orientava o Flamengo.

O agente chega a referir que todos os jogadores são maltratados pelo veterano treinador. “Os jogadores não falam porque têm medo,” afirma. De acordo com Dantas, a forma como Jesus trata os jogadores “não pode acontecer em lado nenhum” e lembra que “se tratava de um jogador pelo qual se pagou 18 milhões de euros”.

A forma como Will Dantas se refere a Jesus é completamente oposta à sua opinião sobre Bruno Lage, afinal de contas o obreiro da contratação de Pedrinho. Para o empresário, “Bruno Lage é uma pessoa sensacional, humilde, muito profissional, muito ético. Se soubesse que depois viria Jorge Jesus, não teria fechado o negócio”.

Também Luís Filipe Vieira merece elogios da parte do empresário. “A culpa não é do Luís, não é ele que escolhe a equipa. Por isso pedi ao presidente para vender o jogador ou até emprestar. Com Jesus, o próximo ano seria mais um a atrasar a carreira do menino e desvalorizá-lo,” afirma Will Dantas.