Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Copa América: Jogadores chilenos apanhados em festa sexual no hotel onde está hospedada a seleção

Depois de Gary Medel e Arturo Vidal terem sido multados em 25 mil euros cada um por terem chamado um barbeiro ao hotel, surge novo escândalo no mesmo cenário. Seis jogadores da seleção chilena foram apanhados numa festa com prostitutas

Tribuna Expresso

Arturo Vidal, um dos envolvidos

JOSE JORDAN

Partilhar

Há uma nova controvérsia na seleção do Chile que está no Brasil para disputar a Copa América. É a própria imprensa chilena que noticia a situação. Seis jogadores da equipa nacional daquele país foram apanhados numa festa com prostitutas. Tudo depois de a seleção do Chile ter vencido a Bolívia por 1-0, na segunda jornada do torneio.

No sábado, após o cancelamento do treino, a comunicação social começou a suspeitar de que algo não estava bem com a seleção chilena. Quando, no dia seguinte, voltou a não haver treino, as suspeitas aumentaram e levaram a que a imprensa investigasse o caso.

Existem rumores que indicam a provável demissão do selecionador Martín Lasarte, por iniciativa própria. Para além disso, os seis jogadores envolvidos, Jean Meneses, Gary Medel, Pablo Galdames, Pablo Aranguiz, Eduardo Vargas e o incontornável Arturo Vidal, deverão ser excluídos da competição.