Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Mourinho elogia Rúben Amorim: "Teve-os no sítio, foi líder daquele grupo"

O treinador português com mais nome a nível mundial deu uma entrevista à edição portuguesa da revista "GQ" e não poupou nos elogios a Rúben Amorim, técnico que levou o Sporting ao título, 19 anos depois. Mourinho afirmou que o "jovem colega" cometeu alguns excessos mas admitiu ter sido igual ou pior no início da sua própria carreira

Tribuna Expresso

ANTÓNIO COTRIM

Partilhar

Numa entrevista à revista portuguesa “GQ”, Mourinho falou do estado do futebol português, com um foco particular na conquista do título nacional pelo Sporting. Rúben Amorim foi elogiado pelo experiente técnico, tal como a ambição dos jovens jogadores dos Leões.

De acordo com o atual treinador da Roma, o mérito tem de ser dado ao “jovem colega”, Rúben Amorim, que foi um verdadeiro “líder”. Sem papas na língua, como sempre, Mourinho admitiu que Amorim cometeu “aqui e acolá algum excesso”. No entanto, esses pequenos erros são desvalorizados pelo setubalense: “Eu cometi tantos quando era da idade dele, ou até mais velho. (…) À boa maneira portuguesa, teve-os no sítio”.

Mourinho elogiou também a ambição dos muitos jovens do Sporting: “O plantel tinha muitos jogadores com fome de ganhar, de crescer, de atingir outros patamares. Havia pouca gente rica, de barriga cheia ou acomodada”. A gestão liderada por Frederico Varandas também mereceu elogios: “Seguramente, há mérito também da direção e da estrutura que suportou Rúben Amorim”.