Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jogador de futebol americano detido depois de a Polícia ter visto uma mini-metralhadora no seu carro

Frank Clark, jogador dos Kansas City Chiefs, da NFL, foi mandado parar pela polícia, em Los Angeles. Um dos agentes terá visto um saco aberto, dentro do carro, contendo uma pequena metralhadora Uzi. Entretanto, o jogador americano já foi libertado sob fiança

Tribuna Expresso

Mark Brown

Partilhar

Frank Clark, jogador dos Kansas City Chiefs, clube de futebol americano que milita na NFL, foi preso em Los Angeles, depois de um agente da polícia ter visto uma mini-metralhadora dentro do carro do atleta.

O defesa de 28 anos foi intercetado pela polícia por ter infringido uma regra do código da estrada. O incidente terá ocorrido por volta das 21h, no sábado, afirmou o porta-voz das autoridades.

“Os nossos agentes detetaram um saco com uma Uzi perfeitamente visível. Clark foi preso sob suspeito de ter uma arma escondida na sua viatura,” disse o porta-voz.

Levado para a prisão de Los Angeles, Clark acabou por ser libertado na tarde de segunda-feira, depois de ter sido paga uma fiança de 35 mil dólares, de acordo com o site do xerife responsável pelo caso.

Entretanto, também a NFL admitiu estar ao corrente da situação. “Temos consciência do assunto, que vai ser analisado à luz das políticas de conduta pessoal da NFL,” disse Brian McCarthy, porta-voz do organismo que regula o futebol americano.

Segundo o advogado de Clark, Alex Spiro, a arma pertenceria ao guarda-costas do jogador. O atleta já tinha sido preso em 2014 por violência doméstica. O incidente aconteceu num hotel do Ohio, levando na altura à sua expulsão da equipa da Universidade de Michigan. O próprio Clark declarou-se culpado.