Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Patrick Vieira e a derrota francesa frente à Suíça: "Não houve espírito de equipa"

O antigo internacional francês considera que a derrota dos campeões do mundo frente à Suíça de Seferovic foi justa. Vieira considera que não existiu união entre os jogadores gauleses, pelo que o antigo jogador do Arsenal não tem dúvidas: os suíços merecem estar nos quartos de final do Euro

Tribuna Expresso

FRANCK FIFE

Partilhar

O ex-futebolista, membro de uma geração de ouro da seleção francesa, com Zidane, Djorkaeff ou Thierry Henry, entre muitos outros, comentou o encontro entre a França e a Suíça para a televisão inglesa. Claros favoritos à vitória no jogo e uma das equipas com mais possibilidades de vencer o Euro 2020, os gauleses desiludiram e Vieira não ficou calado.

"Estou muito desiludido com a atitude que mostrámos em campo. Foi uma França pobre, sem qualquer tipo de união ou espírito de equipa. Não jogámos como equipa e por isso não merecíamos avançar para a próxima ronda," declara o ex-futebolista de 45 anos.

"Houve alturas em que jogámos bem, porque a qualidade individual dos jogadores fazia a diferença, mas coletivamente estávamos muito atrás dos suíços," lamentou Patrick Vieira, acrescentando o elogio ao adversário: "Temos de dar crédito à equipa da Suíça porque foi a melhor e ganhou. A melhor equipa mereceu avançar para a próxima ronda".