Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Direção do Benfica avança “imediatamente” com contagem dos votos físicos das eleições de outubro passado

A Mesa da Assembleia Geral do Benfica, através do novo presidente, Albino Andrade, explicou por comunicado que, apesar de não ter havido contestação aos resultados do último escrutínio, a MAG mostrou vontade em contar os votos físicos depositados nas urnas da última eleição

Tribuna Expresso

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Partilhar

De acordo com o jornal “Record”, a direção do Benfica anunciou que vai de imediato proceder à contagem dos votos físicos das eleições realizadas a 28 de outubro passado. A vontade foi expressa pela Mesa da Assembleia Geral, cujo presidente é agora Albino Andrade. O líder da MAG disse que “as listas concorrentes serão convidadas a acompanhar a operação de contagem dos votos nas urnas”.

Albino Andrade explicou que contactou a direção de Luís Filipe Vieira por carta. “Apesar de não ter ocorrido nenhuma contestação à votação de outubro, transmiti o desejo da Mesa para que, logo que seja possível, se proceda à contagem física dos votos depositados em urna no dia 28 de outubro passado,” esclareceu o presidente da MAG.

Imediatamente, a direção do clube “deliberou avançar para a contratação de entidades externas e independentes que procedam à contagem dos votos físicos, à reconfirmação da fiabilidade dos processos de transporte e armazenamento das urnas”. A liderança do clube vai também averiguar a eficácia “dos sistemas informáticos utilizados nas eleições de há oito meses” e lembra que “os votos em papel foram confiados a uma empresa de segurança”.

O presidente da MAG mostrou a intenção de marcar uma assembleia-geral extraordinária para o mês de julho. A direção de Luís Filipe Vieira concordou e pediu “caráter de urgência para a divulgação de todos os resultados dos trabalhas que agora vão iniciar-se”.