Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Griezmann perde patrocínio da Konami depois da publicação de um vídeo controverso

O jogador do Barcelona partilhou um vídeo em que ele e o seu companheiro de clube e seleção, Dembélé, têm um comportamento considerado racista em relação a dois técnicos japoneses que tentam arranjar-lhe uma consola de jogos. A Konami, empresa japonesa de videojogos, apressou-se a retirar o patrocínio a Griezmann

Tribuna Expresso

David Aliaga/MB Media/Getty

Partilhar

A conhecida empresa japonesa de jogos, Konami, decidiu terminar o vínculo que fazia de Antoine Griezmann, jogador do Barcelona e da seleção francesa, embaixador da marca. A empresa não se fica por aí e quer ouvir explicações acerca do vídeo racista que Griezmann e Dembélé protagonizam e que o luso-francês publicou nas suas redes sociais.

O vídeo mostra os jogadores do Barcelona a fazerem pouco de dois técnicos japoneses que tentavam arranjar a consola de Griezmann num quarto de hotel. Enquanto os trabalhadores davam o seu melhor, Griezmann e Dembélé faziam comentários pouco agradáveis sobre o aspeto físico dos dois japoneses.

Entretanto, segundo a imprensa francesa, a Konami prepara-se para pedir explicações ao Barcelona, clube onde atuam os dois franceses, com o qual a marca nipónica tem um contrato relacionado com o jogo PES.