Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Mario Balotelli ainda anda por aí. Avançado vai jogar nos turcos do Adana Demirspor, o décimo clube da carreira

Depois de ter jogado a época passada no Monza, da Série B, o controverso jogador italiano vai agora representar o Adana Demirspor, da Turquia, que regressa este ano à principal divisão do país depois de 26 anos em escalões inferiores. O presidente do clube diz que Balotelli ainda quer jogar por Itália no Mundial do próximo ano

Tribuna Expresso

Jonathan Moscrop

Partilhar

O avançado italiano Mario Balotteli assinou um contrato de três anos com o modesto clube turco Adana Demirspor. O jogador de 30 anos estava livre depois de deixar o Monza, da Serie B italiana, que não conseguiu subir à primeira divisão.

O antigo jogador do Manchester City e do Liverpool, entre muitos outros clubes, assinou assim pela décima equipa da carreira. O Adana Demirspor regressou à Super Lig depois de uma ausência de 26 anos.

No Twitter oficial do clube turco pode ver-se uma fotografia de Balotelli equipado a rigor com a nova camisola, ao lado do seu agente, Mino Raiola, de alguns dirigentes do Adana Demirspor. A legenda, segundo o “Daily Mail”, diz que a transferência é histórica e escrita “com letras douradas”. Desta forma, Balotelli vai jogar no quarto país, depois de ter passeado talento e controvérsia por Itália, Inglaterra e França.

Quanto a um possível regresso à seleção italiana, o próprio presidente do Adana anunciou que Balotelli não desistiu de fazer parte do lote de convocados para o próximo Mundial, no Qatar, em 2022. “Balotelli veio para cá para poder ir ao Campeonato do Mundo,” disse o dirigente turco ao jornal “A Spor”. O presidente do Adana revelou também que “o patrocinador vai pagar metade do salário” de Mario Balotelli.

O avançado marcou 14 golos em 36 internacionalizações. No entanto, já não é chamado a representar o seu país desde setembro de 2018. O seu último jogo com a camisola azul foi contra a Polónia, a contar para a Liga das Nações.