Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Depois de Messi, quem é que o presidente milionário do PSG pode ir buscar a seguir? Talvez Cristiano Ronaldo

Um dia depois da apresentação de Messi em Paris, a imprensa espanhola revela que Nasser Al-Khelaïfi não vai parar por aqui. Aparentemente, o milionário qatari não desiste de ter, na mesma equipa, o argentino e Cristiano Ronaldo, um sonho antigo que o PSG não esquece

Tribuna Expresso

Para todos os efeitos, estas ainda são as cores da camisola de Ronaldo

DeFodi Images

Partilhar

Um dia depois de apresentar ao mundo a contratação histórica de Leo Messi, Nasser Al-Khelaïfi não para e mantém um sonho, no mínimo, dispendioso: juntar, num mesmo plantel, os dois jogadores que têm dominado individualmente o futebol europeu nos últimos 15 anos. Sim, o pretendido é mesmo Cristiano Ronaldo.

O desportivo “As” diz que o presidente do PSG mantém intacto o sonho de contratar o português. O clube francês sabe que é uma questão de meses para que outro galático, Kylian Mbappé, saia de Paris com o provável destino já bem conhecido: o Real Madrid. O jovem gaulês termina o contrato em 2022 e, curiosamente, não esconde que Ronaldo é o seu ídolo. A ideia do PSG é mesmo ter o ídolo de Mbappé para compensar a saída do jovem talentoso.

Cristiano Ronaldo também termina o contrato com a Juventus em 2022 e poderá ingressar no PSG a custo zero, o que agradaria ao presidente do emblema parisiense. Mesmo que os gastos subsequentes com ordenados milionários possam exigir muito do clube francês, o sonho do qatari é possível, ainda mais sabendo que Jorge Mendes já está a par de tudo.